sexta-feira, 25 de maio de 2007

Feche-se! :-)

Da caixa de comentários do 4R - Quarta República

Pinho Cardão said...

Pois eu, durante algum tempo, e há muitos anos, ainda julguei que o Ministério da Educação era reformável, no sentido de se poder renovar.
Falando a sério, há muito que não penso assim . Pelo que a solução é mesmo fechar, e não digo isto com ironia. É fechar mesmo, acabar, terminar!...
E pôr na rua sem justa causa todos aqueles que advogam os novos métodos de leitura global, que constituem exercícios de adivinhação e não levam ninguém a saber ler, todos os que desaconselham a tabuada, todos os que se opõem aos exames para efeitos de classificação dos alunos, e desde o 3º ano, todos os que dizem que o primeiro ano é para a criança se aclimatar à escola, todos os que confundem o aprender com uma actividade lúdica, pois aprender custa sempre e não diverte, todos os que apenas querem fazer bacharéis, com umas luzes tecnocráticas e sem qualquer espírito crítico, todos os que recomendam o TLEBS e dizem que é uma conquista científica, todos os que inventaram os exames que não são para avaliar alunos, todos os que desaconselham os trabalhos de casa, todos os que favorecem a linguística em relação à literatura, todos os que desprezam os exercícios de memória...eu sei lá!...Este simples apanhado, ao correr da pena, dá ideia do completa loucura que grassa pelo ministério e a que os ministros não conseguem pôr cobro, antes são arrastados pela onda. Feche-se, pois, que o ministério da educação é o maior deseducador nacional.
Feche-se e crie-se outro, a milhas, com um vigésimo do pessoal, completamente diferente!...

2 comentários:

3za disse...

:)
Beijinho grande
(se ficarmos na lista negra e formos despedidas montamos um negócio juntas...)

emn disse...

Tenho uma ideia simples: abrir uma escola privada.