quinta-feira, 16 de fevereiro de 2006

Desenrascanço

Afinal, 'saudade' não é a única palavra a não ter tradução em outras línguas. Esta, o desenrascanço' vem definida na Wikipedia como sendo an ability to solve a problem without the adequate tools or proper technique to do so, and by use of sometimes imaginative resourcefulness when facing new situations. Achieved when resulting in a hypothetical good-enough solution. When that good solution escapes us we get a failure (enrascanço — entanglement). Most Portuguese people strongly believe it to be one of their most valued virtues and a living part of their culture. Obviously, they are aware that this subjective feature is not an exclusive of theirs...

A este propósito veja-se o calendário de exames publicitado pelo Ministério que se 'esqueceu' de actualizar o nome da disciplina de Português B. Afinal era só mesmo retirarem-lhe o 'B'. Mas, o 'copy' / 'paste' é mais rápido - é o desenrascanço.
Adenda: Afinal, não erraram.... Errei eu, por falta de informação. Mas desculpo-me... não consigo manter-me informada de tudo. Veio essa informação num ofício-circular, do qual não tive conhecimento.
O nome da disciplina mantém-se Português B.

6 comentários:

3za disse...

E o despachanço que se associa ao desenrascanço, terá tradução? Duvido. Os alunos aproveitam sedentos estes exemplos de "virtude portuguesa"... mas de pouco lhes serve depois nos exames de matemática, nomeadamente na resolução de problemas (não se "desenrascam" nada bem)... É que, como muitas vezes dizes e bem, o trabalho, a dedicação, a disciplina da mente, o esforço, a persistência, o conhecimento que guia a acção eficaz... é coisa que faz muita falta nesses momentos e, claro, na construção de um projecto de vida sólido. Que tal arranjar uma palavrinha para isto tudo? Ocorrem-me várias, mas falta-me uma que ofereça essa dimensão de forma completa e que traduza exactamente o oposto de "desenrascanço"... Sabes de alguma?

emn disse...

que te parece 'responsabilidade'?

3za disse...

Nem preciso de pensar... até ver, está eleita como a mais apropriada! Ainda hoje falei dela aos meus meninos em FC... Tudo a propósito das boas consequências do empenho no trabalho (que está a dar excelentes resultados em alunos com dificuldade - 2 no 1ºP) e das más consequências da falta dele (que está a dar mau resultado em alunos que haviam tido 4 no 1ºP). Nem precisei de me esforçar muito, pois os exemplos na turma são suficientemente esclarecedores. Eles lá foram tirando as suas conclusões. Felizmente vão percebendo e corrigindo comportamentos. Fazem um esforço sério. Tenho sorte com os meninos que me vieram parar às mãos. (A verdade é que se crescessem tudo de uma vez só não eram precisos nem pais nem professores...)

soledade disse...

Anda, Eliana, não sejas má. Ainda temos este ano o já saudoso Português-A. Então, não fosse a iliterata malta baralhar-se... :)

emn disse...

:)))

emn disse...

Devo fazer um correcção:
AFINAL, num ofício-circular (http://www.dgidc.min-edu.pt/fichdown/ofcir_novprog_12ano_vfinal.pdf),
de que não tive conhecimento, vem referido que a designação da disciplina se mantém.