quinta-feira, 29 de junho de 2006

:)


Depois de ter lido os «post» Um bom professor em http://chiron-lyceum.blogspot.com/, onde diz

lembrei-me disto:


6 comentários:

soledade disse...

Na mouche, emn!

Quiron disse...

Pois é... mas ao menos esta lei de 1948 ainda está escrita em portuguê, não engana ninguém; ao passo que o ECD proposto diz coisas do mesmo género, mas em eduquês, o que lhe dá um ar mais... como direi... apresentável.

Dead link disse...

Acho que o que se passa é mesmo uma questão meteorológica: Aproxima-se um "CICLONE TROPICAL"(ciclone educativo) > Sistema de área de baixa pressão atmosférica (os que mandam sobre os que se calam...), que se desenvolve sobre as águas(país à beira mar plantado) tropicais devido as altas temperaturas e humidade (os que não se calam e estão a ferver e a chorar de raiva com tanta ... ), que se movimenta de forma circular (que nos chegam em barda aos agrupamentos) organizada. Dependendo dos ventos de sustentação da superfície, o fenómeno pode ser classificado como perturbação tropical, depressão tropical, tempestade tropical, furacão ou tufão (que destrói tudo à sua passagem).

emn disse...

Neste ciclone educacional todos podem vir a ser muito educados... mas saber!?!... Isso não é preciso para nada...

Eu cá já ando a treinar os «amén, chefe!».

soledade disse...

Como se tu fosses capaz de "dar amens" sem mais nem essa :-)

IC disse...

Pois, antes de baixar ao recorte de jornal lembrei-me logo desse tempo em que o sistema defendia como filosofia de felicidade pensar pouco.
Quanto a andares a treinar «amén, chefe!», hum... como se eu acreditasse! ;)